Cabaz de natal 2018_2019

Cabazes de Natal

O projeto “Cabazes de Natal” renova-se em cada novo ano tendo-se tornado uma tradição que se repete há dezasseis anos. Esta iniciativa tem proporcionado um Natal de mais aconchego a muitas famílias de alunos deste Agrupamento. Se a alegria está em quem recebe, não deixa de estar em quem partilha generosamente com os menos afortunados nesta época de amor e solidariedade.
A definição de um “Perfil dos alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória”, obriga a uma reflexão sobre o desenvolvimento de competências dos nossos alunos de modo a responder às exigências destes tempos de imprevisibilidade. Esta incerteza causa anualmente problemas económicos ou sociais em muitas famílias, que podem ser temporários ou mais ou menos permanentes. As alterações dos padrões de vida desgastam as relações familiares, têm consequências no bem-estar e dificultam o processo de aprendizagem dos alunos.
O projeto Cabazes de Natal, em articulação com a Loja Solidária, procura minimizar esses efeitos negativos. Este ano foram sessenta e nove as famílias contempladas com o Cabaz de Natal. Não faltou o tradicional bacalhau e a ajuda chegou a cerca de cento e oitenta crianças.
Este trabalho só foi possível graças à participação empenhada de toda a comunidade educativa, destacando: ... 

professores e educadores que motivaram e sensibilizaram os alunos para a participação; professores responsáveis pela decoração e preparação dos espaços de recolha; docentes e funcionários que distribuíram os Cabazes nas casas dos alunos propostos. O reconhecimento é devido também às turmas do 10.º E e 10.º F que organizaram campanhas de recolha nos supermercados locais, aos Pais e Encarregados de Educação que contribuíram com géneros alimentares, brinquedos e roupas; a empresas como o Intermarché e o Pingo Doce que contribuíram generosamente para completar os Cabazes.

Lembrando novamente o documento que define o “Perfil dos alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória”, salientamos dois dos seus princípios:

– Base Humanista - A escola habilita os jovens com saberes e valores para a construção de uma sociedade mais justa, centrada na pessoa, na dignidade humana e na ação sobre o mundo enquanto bem comum a preservar;

– Inclusão - A escolaridade obrigatória é de e para todos, sendo promotora de equidade e democracia.

Foram estes também os princípios que nortearam este projeto: contribuir para uma melhoria das condições dos nossos alunos, logo, para uma sociedade mais justa e, ao mesmo tempo, promover a equidade entre todos os alunos.

A todos os que que contribuíram para a concretização desta atividade tornando a época natalícia mais feliz, os nossos sinceros agradecimentos.

 

 

Ana Paula Magalhães

Carlos Sales

Susete Mota

Calendário de Atividades

março 2019
Sb D
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Próximas Atividades

Sem eventos

Plano Anual de Atividades

Revista "Sacola"

1º período (dez. 2018)

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BilerChildrenLeg og SpilAutobranchen