Orçamento Participativo das Escolas em 2021

  • Imprimir

Orçamento Participativo das Escolas

Com o início de um novo ano, chega uma nova edição do Orçamento Participativo das Escolas (OPE) e os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e/ou do ensino secundário vão poder decidir, mais uma vez, o que querem melhorar na sua escola. Para isso, só precisam de ter uma ideia, reunir apoio e, claro, conquistar o maior número de votos!

O OPE pretende dar voz aos estudantes e dar resposta às suas necessidades e interesses, contribuindo para a melhoria da qualidade da democracia nas escolas.

A 1 de fevereiro iniciam-se os procedimentos com vista à apresentação de propostas.
A divulgação e o debate das propostas decorrem nos dez dias úteis anteriores à votação, a ocorrer no dia 24 de março, Dia do Estudante, que, este ano, marca, também, o último dia de aulas do 2.º período letivo.

O Ministério da Educação disponibiliza, para a concretização do OPE, um euro por cada aluno do 3.º ciclo e/ou do ensino secundário, com um limite mínimo de 500 euros. Esta verba adicional ao orçamento das escolas pode ser complementada por financiamentos suplementares, tal como consta do Regulamento do OPE, anexo ao Despacho n.º 436-A/2017, de 6 de janeiro.

Convidamos as escolas a divulgarem o cartaz que podem encontrar no endereço www.opescolas.pt/materiais/. A página do Orçamento Participativo das Escolas, bem como as contas de Facebook e Instagram pretendem ser uma ferramenta informativa e interativa e contam, também, com a vossa visita.

 

Desde a terceira edição que passou a ser possível apresentar diretamente as candidaturas em www.opescolas.pt, no separador “Inscrição”.