Agrupamento de Escolas de Sátão

Dia do Nariz Vermelho

O Dia do Nariz Vermelho

"No âmbito do Dia do Nariz Vermelho, o 6ºD da Escola Básica Ferreira Lapa, está a promover, entre os dias 5 e 7 de junho, a venda de camisolas, livros de pintar, CDs e Narizes para apoiar a causa da Operação Nariz Vermelho. Esta consiste em assegurar de forma contínua um programa de intervenção dentro dos serviços pediátricos dos hospitais portugueses, através da visita de palhaços profissionais. Estes artistas têm formação especializada no meio hospitalar e trabalham em estreita colaboração com os profissionais de saúde, realizando atuações adaptadas a cada criança e a cada situação.
É responsabilidade da associação formar e garantir a alta qualidade dos artistas cujo trabalho é remunerado. A Operação Nariz Vermelho oferece aos hospitais as visitas, angariando os fundos necessários através de donativos, particulares e empresariais, campanhas e merchandising.
Neste momento garante visitas hospitalares semanais, durante 42 semanas por ano, aos 15 hospitais abrangidos pelo programa. A equipa de artistas é constituída por 26 Doutores Palhaços e nos bastidores trabalham 14 profissionais.”
 

ALUNOS PREMIADOS COM O 2º LUGAR NO CONCURSO INÊS DE CASTRO

ALUNOS PREMIADOS COM O 2º LUGAR NO CONCURSO INÊS DE CASTRO

O Agrupamento congratula-se com a participação dos alunos Carolina Costa, José Gonçalves, Mariana Marinho e Joana Pinto, do ensino secundário, que sob orientação da professora Sílvia Silva, interpretaram Nem Pedro, nem Inês, chama-me Amor! com um texto da autoria de Elisabete Ferreira. 
No apoio técnico contaram com os alunos Tatiana Rocha, Filipa Costa, Hélder Amaro, Carina Cruz e os professores Ana Figueiredo e Joaquim Costa.
O Concurso Inês de Castro, da responsabilidade do Plano Nacional de Leitura (PNL), recolhe da história de D. Pedro e D. Inês a sua temática base permanente e unificadora, sendo a 10.ª edição dedicada a uma das suas dimensões: o AMOR e DESAMOR.
Este Concurso é dirigido aos alunos do 3.º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário “que se façam conhecedores da história da relação entre D. Pedro e D. Inês de Castro e realizem, a partir do mapeamento de lugares históricos e geográficos bem como dos seus contextos sociais, políticos, económicos, literários e afetivos, um trabalho performativo direta ou indiretamente relacionado com os amores de Pedro e Inês.”  (ver o trabalho premiado)
Muitos parabéns a todos os que participaram neste trabalho!
 

 

Concurso Nacional de Leitura – Sátão na final

Concurso Nacional de Leitura – Sátão na final

A fase regional da XII edição do Concurso Nacional de Leitura foi acolhida por Penalva do Castelo a 21 de maio de 2018. As provas escritas foram realizadas durante a manhã na Biblioteca Municipal. O almoço e as provas de palco decorreram na Quinta da Ínsua.


Os alunos vencedores na fase concelhia de toda a CIM Viseu Dão Lafões realizaram as provas escritas sobre as obras selecionadas. A representar o Sátão estiveram: Mariana Lourenço (secundário); Sara Figueiredo (3.º Ciclo); Mafalda Carneiro (2.º ciclo) e Maria Gomes (1.º Ciclo).


A aluna Sara Figueiredo do Sátão obteve o 1.º lugar na categoria de 3.º ciclo e irá representar a CIM Viseu Dão Lafões na final nacional que decorrerá em Pombal a 10 de junho.


Ficam os parabéns a todos os alunos pelo seu desempenho e aos organizadores pelo acolhimento e pela experiência enriquecedora que proporcionaram!
 

Os alunos do 10°D organizaram um peddy-paper pelas ruas de Viseu

Os alunos do 10°D organizaram um peddy-paper pelas ruas de Viseu

No dia 14 de Maio, no âmbito da disciplina de História e com a colaboração da professora Rosa Costa de MACS e a professora Sílvia Silva de Espanhol, nós, alunos do 10°D, realizámos uma “saída de campo”, a Viseu, com o objetivo de conhecermos melhor a cidade, sobretudo a parte mais antiga.
Assim, usámos como ponto de partida o jardim Santa Cristina, já com os respetivos grupos formados, ouvimos, com atenção, as instruções das professoras e demos início à nossa “aventura” com um peddy-paper pelas ruas da cidade. Ao longo do percurso observámos, com outros olhos, o encanto da cidade e descobrimos, em cada canto, pormenores deveras interessantes.
Esta atividade terminou junto à Sé de Viseu, aproveitando o local para uma visita guiada ao interior da mesma e aí ouvimos atentamente a professora de História, que nos deu a conhecer elementos que caracterizam a catedral.
A “saída de campo” terminou com um almoço, no Fórum, e, depois, regressámos ao Sátão.
Só nos resta agradecer à CMS pelo transporte e a simpatia dos senhores António e Jaime e às professoras dinamizadoras deste projeto.

As alunas Mariana Almeida e Simone Figueiredo (10º D)
 

Subcategorias

  • Atividades do Agrupamento
  • Escolas do Ensino Secundário

    Contactos e moradas das Escolas do Ensino Secundário do Agrupamento.

  • Escolas do 3º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 3º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 2º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 2º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 1º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 1º Ciclo do Agrupamento.

  • Exames 2013
  • Testes Intermédios
  • Imagens
  • Agrupamento ES
  • Informações - alunos
  • calendário de atividades
  • Contactos e moradas

    Contactos e moradas do Agrupamento.

  • Associação EPIS

    A Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social foi criada em 2006 por empresários e gestores portugueses, na sequência de uma convocatória à sociedade civil feita pelo Presidente da República, no seu primeiro discurso do 25 de Abril, proferido na Assembleia da República.

    A EPIS escolheu a Educação como forma de concretização da sua missão principal de promoção da inclusão social em Portugal. Com este foco, tem desenvolvido os seus projetos de intervenção cívica na área do combate ao insucesso e ao abandono escolares, com particular atenção à capacitação de jovens em risco que frequentam o 1º, 2º e 3º Ciclos de escolaridade e à disseminação de boas práticas de gestão nas escolas, com base numa metodologia de capacitação dos jovens e das suas famílias.

    Esta metodologia tem vindo a ser testada, desde 2007/2008, em várias escolas a nível nacional numa parceria com o Ministério da Educação, as autarquias, as escolas, o Instituto de Educação e Formação Profissional (IEFP), os Governos Regionais dos Açores e Madeira e as empresas locais, contando com uma equipa de cerca de 104 Mediadores com formação especializada.


    A metodologia EPIS foi escolhida, entre várias, para ser o modelo conceptual de referência a seguir pelo projeto “RESLEA – Reducing Early School Leaving” (com parceiros da Alemanha, Reino Unido, Hungria e Eslovénia) e “RECIPE – Regional Education Centres in Pedagogical Europe” (com parceiros da Irlanda, Noruega, Dinamarca e Grécia) programas europeus que pretendem identificar boas práticas de combate ao abandono escolar precoce.

    Em Sátão, o Projeto EPIS está implementado em 3 escolas desde o ano letivo transato: Escola Secundária com 3º Ciclo Frei Rosa Viterbo, Escola Básica Ferreira Lapa e a Escola Básica Integrada de Ferreira de Aves, intervindo com cerca de 70 alunos.

     
     

Calendário de Atividades

outubro 2018
Sb D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31

Próximas Atividades

Sem eventos

Plano Anual de Atividades

Testes Comuns

Revista "Sacola"

1º período (dez. 2017)

2º período (março 2018)

3º período (junho 2018)

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BilerChildrenLeg og SpilAutobranchen