A castanha está associada à comemoração do Dia de São Martinho

Há mais de 100 mil anos que a castanha acompanha a história humana. Os nossos antepassados descobriram na “pequena noz” um aliado calórico. Romanos e gregos adoravam-na.

A castanha representou um dos alimentos base da dieta diária de algumas populações, sendo utilizada como substituto do pão e da batata, como acompanhamento, e na preparação de sopas, purés, e outros pratos. Muito apreciada na gastronomia portuguesa, a castanha está também associada à comemoração do Dia de São Martinho, e aos tradicionais magustos.

Maioritariamente constituída por hidratos de carbono, a castanha possui também quantidades apreciáveis de fibra, características que a tornam um interessante alimento no controlo do apetite e uma excelente fonte de energia isenta de glúten. Rica em amido, e por isso de difícil digestão, a castanha é pobre em gordura e não contém colesterol, daí que seja menos calórica que os restantes frutos secos.

Possui quantidades razoáveis de vitaminas (vitamina C, vitamina B6 e ácido fólico), minerais (cálcio, ferro, magnésio, potássio, fósforo, zinco, cobre, manganésio e selénio ) e antioxidantes. São várias as formas de a confecionar. Pode comer-se cozida com erva doce, assada, como acompanhamento de pratos, em sopas ou em apetitosas sobremesas.

Pela sua composição nutricional e efeito na saúde, podemos considerar a castanha como um fruto de eleição. Não deixes de a incluir nas tuas refeições.

Adaptado de

http://nutrimento.pt/dicas/vantagens- nutricionais-da-castanha/

Realizado por EPS: Professora Helena Silva e Cláudia Oliveira

Calendário de Atividades

novembro 2017
Sb D
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30

Plano Anual de Atividades

Testes Comuns

Revista "Sacola"

1º período (dez. 2016)

2º período (março 2017)

3º período (junho 2017)

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BilerChildrenLeg og SpilAutobranchen