Agrupamento de Escolas de Sátão

Dia da Mãe

Criado com o Padlet

Candidatura ao Subsídio de Estudo para o próximo ano letivo 2021/2022

Candidatura ao Subsídio de Estudo para o próximo ano letivo 2021/2022

Avisam-se os Alunos e os Encarregados de Educação dos alunos do Agrupamento de Escola de Sátão que vai iniciar-se o processo de candidatura a Subsídio de Estudo para o próximo ano letivo 2021/2022.

O período de candidatura decorre até ao dia 31 de maio de 2021.

Tendo em conta a situação epidemiológica atual, os interessados, devem obter a declaração da Segurança Social ou entidade empregadora com o escalão do abono de família, aceder ao boletim de candidatura aqui e enviar os dois documentos por e mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Recomenda-se que a entrega de documentos presenciais só deve ser efetuada sempre que seja estritamente necessário e obedece a regras próprias definidas para os Serviços Administrativos.

Quaisquer dúvidas contactem os Serviços Administrativos – setor ASE.

MATRÍCULA EM EMRC

MATRÍCULA EM EMRC

Em época de inscrições e de renovação de matrículas para o ano letivo de 2021/2022, convidam-se todas as crianças, adolescentes, jovens e respetivos encarregados de educação a fazerem a opção pela disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC). Uma disciplina de oferta obrigatória e frequência facultativa, em todos os ciclos de ensino, que pretende ser um espaço privilegiado para o diálogo entre a cultura e a fé, o aprofundamento da cultura e visão cristã do mundo assim como a afirmação dos grandes valores da humanidade.

A disciplina de EMRC não se confunde com a catequese paroquial nem concorre com ela, nem a substitui. É antes essencial, no curriculum escolar, para quem procura uma educação integral!


 

Dia Mundial da Língua Portuguesa

A língua portuguesa é não só uma das línguas mais difundidas no mundo, com mais de 265 milhões de falantes espalhados por todos os continentes, como é também a língua mais falada no hemisfério sul. O português continua a ser, hoje, uma das principais línguas de comunicação internacional, e uma língua com uma forte extensão geográfica, destinada a aumentar. O português é a língua oficial dos nove países membros da CPLP: Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) está a organizar um Ciclo de Debates sob o tema «Promoção e Difusão da Língua Portuguesa: Estratégias Globais e Políticas Nacionais», inserido nas comemorações do 5 de maio - Dia Mundial da Língua Portuguesa e Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP. 

Pode assistir através do site:

https://www.cplp.org/id-4447.aspx?Action=1&NewsId=9093&M=NewsV2&PID=10872

 

Pode também consultar os sites: https://pt.unesco.org/commemorations/portuguese-language-day

https://www.youtube.com/watch?v=Igop7T5sGTA

 

E ouvir:  https://www.youtube.com/watch?v=C3ZuXYnR7vs

 

https://www.youtube.com/watch?v=6eaGLGyzG6g

 

https://www.pnl2027.gov.pt/np4/elogiodalinguaportuguesa.html

 

Subcategorias

  • Atividades do Agrupamento
  • Escolas do Ensino Secundário

    Contactos e moradas das Escolas do Ensino Secundário do Agrupamento.

  • Escolas do 3º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 3º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 2º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 2º Ciclo do Agrupamento.

  • Escolas do 1º Ciclo

    Contactos e moradas das Escolas do 1º Ciclo do Agrupamento.

  • Exames 2013
  • Testes Intermédios
  • Imagens
  • Agrupamento ES
  • Informações - alunos
  • calendário de atividades
  • Contactos e moradas

    Contactos e moradas do Agrupamento.

  • Associação EPIS

    A Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social foi criada em 2006 por empresários e gestores portugueses, na sequência de uma convocatória à sociedade civil feita pelo Presidente da República, no seu primeiro discurso do 25 de Abril, proferido na Assembleia da República.

    A EPIS escolheu a Educação como forma de concretização da sua missão principal de promoção da inclusão social em Portugal. Com este foco, tem desenvolvido os seus projetos de intervenção cívica na área do combate ao insucesso e ao abandono escolares, com particular atenção à capacitação de jovens em risco que frequentam o 1º, 2º e 3º Ciclos de escolaridade e à disseminação de boas práticas de gestão nas escolas, com base numa metodologia de capacitação dos jovens e das suas famílias.

    Esta metodologia tem vindo a ser testada, desde 2007/2008, em várias escolas a nível nacional numa parceria com o Ministério da Educação, as autarquias, as escolas, o Instituto de Educação e Formação Profissional (IEFP), os Governos Regionais dos Açores e Madeira e as empresas locais, contando com uma equipa de cerca de 104 Mediadores com formação especializada.


    A metodologia EPIS foi escolhida, entre várias, para ser o modelo conceptual de referência a seguir pelo projeto “RESLEA – Reducing Early School Leaving” (com parceiros da Alemanha, Reino Unido, Hungria e Eslovénia) e “RECIPE – Regional Education Centres in Pedagogical Europe” (com parceiros da Irlanda, Noruega, Dinamarca e Grécia) programas europeus que pretendem identificar boas práticas de combate ao abandono escolar precoce.

    Em Sátão, o Projeto EPIS está implementado em 3 escolas desde o ano letivo transato: Escola Secundária com 3º Ciclo Frei Rosa Viterbo, Escola Básica Ferreira Lapa e a Escola Básica Integrada de Ferreira de Aves, intervindo com cerca de 70 alunos.

     
     

Próximas Atividades

Sem eventos

Plano Anual de Atividades

Revista "Sacola"

1º período (dez. 2020)

 

 

 

 


A Caixa Crédito Agrícola Mútuo

do Vale do Dão e Alto Vouga

divulgou 6ª edição

do Programa CA Nota 20


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BilerChildrenLeg og SpilAutobranchen